Cromatografia de Ehrenfried Pfeiffer

A linguagem Qualitativa da Cromatografia de Ehrenfried Pfeiffer

Uma abordagem Goethiana para a compreensão dos processos de compostagem e saúde do solo

Objetivos

A Cromatografia Circular de Ehrenfried Pfeiffer oferece uma nova possibilidade para aprender mais sobre os processos biológicos que ocorrem nas pilhas de compostos e nos solos. Nesta oficina, exploraremos como a Ciência Goethiana e a Cromatografia de Pfeiffer oferecem uma nova perspectiva e abordagem para a pesquisa qualitativa em agricultura e para a compreensão dos processos de compostagem e saúde do solo. Observaremos de forma interativa e prática análises de Cromatografia de diferentes tipos solos e compostos trabalhando de forma profunda a interpretação e leitura dos cromatogramas. Também será elaborado  - a partir de uma abordagem Goetheana-Biodinâmica - uma pilha de composto.

 

Temas Abordados

A Ciência Goethiana na Agricultura

 A primeira parte deste workshop consistirá na introdução e contextualização da Ciência Goethiana como uma nova perspectiva e abordagem para a pesquisa qualitativa na Agricultura. A Ciência Goethiana também servirá como base para a compreensão da cromatografia de Ehrenfried Pfeiffer, sua história e a intenção original do Pfeiffer para os métodos de formação de imagem. Também exploraremos como a Ciência Goethiana pode contribuir para uma maior compreensão de nossa atual crise ecológica e social. E como isso pode nos ajudar a desenvolver uma maior sensibilidade e responsabilidade em relação à natureza, nossas paisagens agrícolas e nossa agri-cultura.

A Linguagem Qualitativa da Pilha de Compostagem

 Não existe apenas um tipo de composto para tudo. Nem toda a matéria orgânica que chega ao local do composto ainda deve ser considerada composto. Os desafios estão em poder criar as condições para transformar a matéria orgânica em húmus e desenvolver a percepção -  e uma relação pessoal - de como essa transformação está ocorrendo. Saber quando e o que fazer para que o resultado final seja um composto de qualidade é uma ciência, uma arte e uma sensibilidade que requer cultivo! 

  A segunda parte do workshop consistirá em retratar diferentes processos de compostagem e iluminar seus gestos internos e externos. Vamos nos aprofundar não apenas em detalhes práticos e técnicos, como processos de mistura, relação Carbono/Nitrogênio, gerenciamento do local de compostagem, máquinas, construção e rotação da pilha de compostagem. Mas, principalmente,  vamos nos concentrar em como podemos desenvolver uma compreensão qualitativa da relação C / N, os quatro elementos e o processo de decomposição e humificação da pilha de composto. Também exploraremos como podemos aprender a acessar as diferentes qualidades da matéria orgânica e da própria pilha de composto e começar a construir um relacionamento pessoal com todo esse processo.

A Linguagem Qualitativa da Cromatografia de Ehrenfried Pfeiffer: Análise, Interpretação e Compreensão

Finalmente, depois de ter essas duas primeiras partes como pano de fundo e contexto, examinaremos de perto a cromatografia de Ehrenfried Pfeiffer. Observaremos de maneira interativa e prática diferentes cromatogramas originais de solos e compostos e os relacionaremos com nossas discussões e apresentações anteriores. O foco será na interpretação. Também consideraremos as seguintes perguntas: Quais são os usos possíveis para esse método? Poderia ser visto como uma ferramenta capacitadora para agricultores e consumidores? Se sim, de que maneira? E, finalmente, poderíamos começar a vê-lo como um caminho interior para a educação da imaginação?

 Por fim, exploraremos como melhorar a vitalidade do solo não é apenas uma questão de aprender um conjunto de métodos específicos, assim como a vitalidade do solo não é apenas uma questão de sua composição química. Precisamos não apenas de uma mudança nas práticas, mas também de uma mudança na consciência humana, da qual se desenvolvam formas mais sustentáveis de interagir com a natureza na agricultura. Isso exige novas formas qualitativas de entendimento que reconheçam e se concentrem em processos dinâmicos. A saúde do solo está ligada à dinâmica de todo o organismo agrícola, que inclui as perspectivas internas dos agricultores.

Cormatografia de Pfeiffer

Data

01 a 03 de maio de 2020

Investimento

R$ 400,00
Consulte parcelamentos

Docente

Bruno Follador é geógrafo e foi pesquisador e consultor do laboratório Ludolf-Andreas da fazenda biodinâmica Andreashof, Alemanha. Foi fundador e diretor do programa "Living Soils", do Nature Institute, E.U.A. O foco de sua pesquisa é a Ciência Goetheana a partir da Antroposofia e seus temas são: a agricultura biodinâmica, cromatografia de Pfeiffer, arte e ciência da compostagem em escala agrícola, o papel da imaginação humana e a percepção da paisagem. Hoje trabalha como pesquisador associado do Nature Institute, com consultoria e cursos na América Latina, Europa e Estados Unidos e como um dos diretores da ABD.


 

Inscrições e informações:

logo

Rua Macela, 80
Rio Tavares | 88048 399
Florianópolis | SC
sagres@asssagres.org.br
(48) 3238-0433
(48) 3338-3604
Associação Sagres©2019 Desenvolvido por MabeWeb

Search